Armamar


 

 

Armamar é uma vila portuguesa no Distrito de Viseu, Região Norte e sub-região do Douro, com cerca de 1 400 habitantes. Foi condado em 1639.

Um rico e valioso património histórico acompanha o percurso do visitante e comprova a importância do município ao longo dos séculos.

Armamar é uma terra de emoções, aqui vai encontrar pessoas que sabem bem receber, história deixada pelos nossos antepassados, como as Pontes Românicas, Ermida e Cruzeiros, Palácios e Solares, Arqueologia, Igrejas e Capelas, Fruticultura, Aldeias preservadas, Monumentos naturais, marcada pelo maravilhoso anfiteatro das vinhas onde se cultivam e produzem os vinhos durienses, com especial destaque para o mundialmente conhecido Vinho do Porto. Vinhateiro, Miradouros de cortar a respiração.

Localização privilegiada a poucos minutos de Vila Real, Lamego, Vale do Douro, Mondim de Batos, de visita obrigatórios.

Desfrute das belas paisagens, seja caminhando, um passeio de carro ou um passeio de Barco com acesso aos Cais Fluviais.

Subir a encosta em direção a Armamar é percorrer uma parte do Douro classificada pela UNESCO Património da Humanidade.

 

De Lisboa até à A25 (Aveiro) pela A1, segue em direcção a Viseu onde toma a A24 (Lamego e Vila Real).

 

Poucos kms depois de Lamego encontra a indicação da N 313 para Armamar.

 

Do Porto segue até Vila Real via A4 e IP4. Toma a A24 (Régua e Viseu). A seguir à Régua sa i para a N 313 rumo a Armamar.

 

- MUSEU DE LAMEGO

- TEATRO RIBEIRO CONCEIÇÃO

- SÉ CATEDRAL DE LAMEGO

- MUSEU DO DOURO

- NOSSA SENHORA DOS REMÉDIOS

- MOSTEIRO DE SÃO JOÃO DE TAROUCA

- VALE DO DOURO

 

Em Armamar têm sido conservados e transmitidos de geração em geração as receitas e pequenos segredos culinários que fazem a riqueza gastronómica do Município.

Numa terra rica em matérias-primas de excelência a gastronomia acaba por ser o “mostruário” da qualidade dos produtos agrícolas do Município: os vinhos, de mesa e generosos (Vinho do Porto), entram na confeção e no acompanhamento à mesa de inúmeros pratos típicos; a maçã, fruto que se produz em quantidade e com qualidade reconhecida em diversos mercados é utilizada em alguns pratos, nomeadamente doçarias. Símbolo máximo da gastronomia armamarense é o cabrito.

Também conhecido por cabritinho tem a sua época própria entre o Natal e a Páscoa e encontra-se à mesa em dias de Festa.

Fora da época é substituído pelo cordeiro. A fama do cabrito de Armamar tem-se espalhado e não são poucos os que visitam Armamar para o provar: assado no forno a lenha, acompanhado por batatas assadas e arroz do forno.

 

 

 

 

 

 

Acesso a Outras Regiões

 

 

 

ANUNCIE O SEU
ESPAÇO

Saiba como podemos encontrar os convidados perfeitos para o seu negócio.